Carlos Fial @ 00:00

Qui, 27/05/10

Juntamente com Jimmy Hendrix, Janis Joplin, Jim Morrisson, Cobain, e mais uns poucos mitras, faz parte do grupo de músicos que não ultrapassaram a barreira dos vinte e sete anos. Pode haver muitos pais e mães do Blues... Este sujeito não tem qualquer parentesco com a "música do demo". Ele é o blues. Existem apenas cerca de uma dúzia de músicas gravadas originalmente por Robert Johnson. Mesmo assim, quase 100 anos depois de ter nascido, ele continua a ser seguido pela grande parte dos musicos do género. Vale a pena dois ou três cliques de pesquisa, e mesmo comprar... A discografia completa do senhor cabe num único cd, daí que não há-de ser muito dispendioso... Músico negro na América da grande depressão. O blues cru, puro, rural. O homem que, segundo a lenda, vendeu a alma a Satanás para aprender a tocar guitarra. Eis Robert Johnson. Saudações.



De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

“A música exprime a mais alta filosofia numa linguagem que a razão não compreende” Arthur Schopenhauer
Pesquisar
 
Arquivo
Bandas

todas as tags

subscrever feeds