André Pereira @ 00:00

Ter, 29/03/11

"Há quem saiba ler os lábios. Agora será necessário saber ouvir Os Lábios. Saber ouvir porque a boa pop é simples e pode passar por fácil.

Por vezes o mais difícil de fazer é o que parece mais fácil. É essa a essência e a história da pop. Os Lábios não nasceram já lábios, antes tinham um corpo inteiro chamado The Profilers. O corpo continua, melhor do que nunca, músculos tonificados, saudável, eficaz na exibição do corpo sonoro, a voz também continua, mas agora não sai apenas pela boca mas também pelos lábios, em rosa calma ou vermelho chic choque. É que o corpo e a voz The Profilers agora são Os Lábios. Do inglês para o português, de um EP para um LP. Doze músicas agora quase tudo na língua do Camões em vez da dos “camones”. Resiste uma em inglês, uma em francês e uma com as duas línguas misturadas. Mas como a qualidade é a língua universal, está tudo bem. E o Esperanto é o último a morrer. Anda por aqui New Wave, rock português dos anos 80, até americana, mas é um álbum pop cujo nome ainda não querem revelar. O produtor é também um expert em pop; Miguel Ângelo, dos agora terminados Delfins e com tempo para novos projectos pessoais. E o público, que a partir de agora deverá aprender a ouvir Os Lábios."

Cuidado com o baton!

 

 


Bandas:

“A música exprime a mais alta filosofia numa linguagem que a razão não compreende” Arthur Schopenhauer
Pesquisar
 
Arquivo
Bandas

todas as tags