Diogo Filipe Sousa @ 00:00

Qua, 09/03/11

A Lulu quer o que quer qualquer mulher

Que o amigo a abrace bem

E que a faça rir também.

 

A Lulu tem um medo mas guarda-se em segredo

O amigo vai esperar que ela queira pô-lo a par.

 

E se a conversa fica em perigo

ele ri-se um pouco e triunfante

Diz-lhe "É bom ser teu amigo mas igualmente bom ser teu amante".

 

A Lulu não traz más recordações

E o amigo atrás diverte-a com canções

Ela dá-lhe a mão e dá-lhe um pouco do coração

Ele faz de tudo para compreender

Depois de tudo para lhe agradecer

 

E se a conversa os põe em perigo

ele ri-se muito e gaguejante

Diz-lhe "É bom ser teu amigo mas igualmente bom ser teu amante".


Bandas:

“A música exprime a mais alta filosofia numa linguagem que a razão não compreende” Arthur Schopenhauer
Pesquisar
 
Arquivo
Bandas

todas as tags