Tomás Esteves @ 00:00

Sab, 01/01/11

Feliz 2011 a todos os seguidores e amigos do Ouvir.

 

 

Hoje quem acordou na minha cama,
hoje quem é que eu sou?
Já é manhã mas esta noite ainda não passou.

 

Que força tenho quando me tenho só a mim,
de quem mais eu preciso para respirar?
A minha cara faz-me sempre lembrar alguém…
E os meus olhos são de quem?

 

Eu queria ser como tu.
Eu queria crer como tu.

 

Eu queria ser como eu
mas dos meus sonhos acorda outro alguém.
Eu queria ser como quem?

 

Hoje quem acordou na minha carne
e que sonhos roubou
na madrugada de um dia que já passou?

 

Todo o tempo é tempo de acreditar.
Mas tanto tempo já passou
sem que a fé encontrasse em mim lugar…

 

(Estava sempre onde eu não queria estar.)

Eu queria ser como tu.
Eu queria crer como tu.

 

Eu queria ser como eu
mas dos meus sonhos acorda outro alguém.
Eu queria ser como quem?

 

Hoje quem acordou na minha cama,
hoje quem é que eu sou?
Já estou a pé e o dia ainda nem chegou…


Bandas:

“A música exprime a mais alta filosofia numa linguagem que a razão não compreende” Arthur Schopenhauer
Pesquisar
 
Arquivo
Bandas

todas as tags